Agrupamento 337 – Caldas da Rainha – CNE

Nas Caldas da Rainha o Escutismo já tinha crescido em 1926 com o Agrupamento do AEP (Associação de Escoteiros de Portugal). Após a Segunda Guerra Mundial também teve alguma actividade durante um período até aos anos 50. Em Julho de 1973, seis jovens reiniciaram o escutismo, tendo um primeiro encontro com os escuteiros de Óbidos. Com a ajuda destes e do padre Mário Rui Pedras, deram início ao escutismo nas Caldas. Foi formada uma patrulha de Exploradores de seis elementos e no dia 3 de dezembro de 1973 fizeram as Promessas. A sede originalmente era na Igreja do Espirito Santo, no Bairro São João de Deus ao pé da Mata. Posteriomente passou para junto do Hospital Termal em frente ao GAT e depois o agrupamento veio para a actual sede em Águas Santas.

Educamos. Para quê?

O CNE ajuda jovens a crescer, a procurar a sua própria Felicidade e a contribuir decisivamente para a dos outros e a descobrir e viver segundo os Valores do Homem Novo.

O CNE procura, através do Método Escutista, ajudar cada jovem a educar-se para se tornar consciente do Ser; para se tornar detentor do Saber; para se tornar prepara para Agir.

Áreas de Desenvolvimento:
Físico, Afectivo, Carácter, Espiritual, Intelectual, Social

Método Escutista:
Relação Educativa, Aprender Fazendo, Mística e Simbologia, Progresso Pessoal, Lei e Promessa, Sistema de Patrulhas, Vida na Natureza.

Direcção do Agrupamento

Chefe de Agrupamento
Fábio Santos

Chefe de Agrupamento Adj.
Rita Henriques

Secretária de Agrupamento
Manuela Mendes

Tesoureiro de Agrupamento
Francisco Ribeiro

Assistente de Agrupamento
Pe. Joaquim Pedro

Assistente de Agrupamento Adj.
Pe. Alfredo Dionisio