Papa destaca Palavra de Deus que inspira a «superar esquemas»

thumb image site 2019-05-29 audiencia geralCidade do Vaticano, 29 Mai 2019 (Ecclesia) – O Papa destacou hoje no Vaticano a necessidade de uma lógica social mais inspirada na Palavra de Deus, que inspira a “superar esquemas, resistências e muros de divisão”. “Quando o Espírito visita a palavra humana, ela torna-se dinâmica, como dinamite, capaz de acender os corações”, frisou Francisco, durante a habitual audiência pública de quarta-feira com os peregrinos, na Praça de São Pedro. A catequese deste dia do Papa argentino foi novamente inspirada no Livro dos Actos dos Apóstolos, livro que mostrou “a maravilhosa ligação entre a Palavra de Deus e o Espírito Santo” e que inaugurou o tempo da evangelização”.

“A Palavra de Deus corre, é dinâmica, irriga todo o terreno onde cai. E qual é a sua força? São Lucas diz-nos que a palavra humana se torna eficaz não pela retórica, que é a arte do belo discurso, mas graças ao Espírito Santo, que é a dinâmica de Deus, a sua força, que tem o poder de purificar a palavra, torná-la portadora de vida”, salientou Francisco. No seguimento da sua catequese, o Papa reforçou ainda que o dom da salvação de Deus, que se concretiza a partir do Baptismo, é aberto a todas as pessoas. “Cristo ressuscitado cumpre gestos humanos, como o de partilhar a refeição com os seus discípulos, e de os convidar a viver com confiança a espera da realização da promessa do Pai. Qual é a promessa do Pai? Vocês serão baptizados com o Espírito Santo”, disse Francisco.

“Não é preciso lutar para ganhar ou merecer o dom de Deus. Tudo é dado gratuitamente e a seu tempo. O Senhor doa tudo gratuitamente. A salvação não se compra, não se paga. É um dom gratuito”, sublinhou ainda. Durante a sua entrada na Praça de São Pedro, Francisco deu boleia no papa-móvel a um grupo de crianças, algumas com a roupa da Primeira Comunhão.

Na sua saudação aos peregrinos de língua portuguesa, o Papa pediu a protecção de Nossa Senhora para todas as comunidades lusófonas presentes em Roma e espalhadas pelo mundo. “Que a Virgem Maria proteja o vosso caminho e vos ajude a ser sinal de confiança e instrumento de caridade no meio dos vossos irmãos. Sobre vós e sobre as vossas famílias desça a Bênção de Deus”, completou. No final da audiência, o Papa saudou e tirou fotos com os capitães e reitores das equipas participantes na ‘Clericus Cup’, campeonato de futebol do Vaticano, num grupo que incluiu o padre David Palatino, do Patriarcado de Lisboa.

JCP