Papa desafia católicos a rezar por todos

thumb image site 2019-05-22 audiencia geralCidade do Vaticano, 22 mai 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco disse hoje no Vaticano que os católicos devem rezar “em todas as situações” e por todas as pessoas, encerrando o ciclo de catequeses sobre o Pai-Nosso.
“Nunca deixamos de falar ao Pai dos nossos irmãos e irmãs na humanidade, para que nenhum deles, especialmente os pobres, permaneçam sem uma consolação e uma porção de amor”, apelou, durante a audiência pública geral, que decorreu na Praça de São Pedro.

Perante milhares de pessoas, Francisco sublinhou que a oração cristã nasce da “audácia de poder chamar Pai a Deus”, um “ato de intimidade filial”.
“Este é o mistério da oração cristã: pela graça, somos atraídos ao diálogo de amor da Santíssima Trindade”, assinalou.
O Papa saudou os peregrinos de língua portuguesa, incluindo o grupo da Rádio Renascença.
“Neste mês dedicado à Virgem Maria, procurai contemplar mais intensamente a face do Senhor Jesus com a oração do Terço, para que Ele seja o centro dos vossos pensamentos, das vossas ações, da vossa vida”, declarou.

Francisco deixou uma palavra para o cardeal Falcão, arcebispo emérito de Brasília, que está a festejar o 70.º aniversário de ordenação sacerdotal: “Um belo exemplo! Obrigado, eminência, pelo seu testemunho”.
No final da audiência, o Papa cumprimentou Denis Mukwege, vencedor do Prémio Nobel da Paz em 2018.

OC